domingo, 6 de abril de 2008

Alguém consegue me ouvir?


Até onde minha voz pode alcançar?
Em qual estrela ela será ouvida?
Será que ela pelo menos avançou as fronteira da minha cidade?
Eu queria poder gritar...alto, bem alto.
Mas por mais que eu berre, permanece como está.
Minha voz rouca e presa na escuridão, onde meus gritos parecem sussurros.
Ninguém é capaz de ouvir.

Ningu...
...é... ouvir..
....
...
Voz...

... aju..da...
...ou...vir...


...ahhhhh




"Disseste que se tua voz, tivesse força igual a imensa dor que sente, seu grito acordaria, não só a tua casa, mas a vizinhança inteira."


Ass.: Robson Jr - ?

9 comentários:

Mr. Purple 6 de abril de 2008 22:43  

Não, não consigo te ouvir, que tal você tocar guitarra?

=p

Robson Jr. 6 de abril de 2008 23:07  

Haheuhaeuha

Sempre me mandam calar a boca nesses meus momentos...¬¬

Mr. Purple 6 de abril de 2008 23:19  

oww.. então toque guitarra e cante! :D

Robson Jr. 7 de abril de 2008 00:17  

HAHEUHAEUAEHAEUHA

Alex, Alex...

Samuel 7 de abril de 2008 18:45  

Ótimos versos...Robson pagando de poeta, até que não é mal!!E)
O último paragrafo é de autoria de quem??

Ps.: Cara vc quer ser ouvido?? Seja popular, porque mesmo ótarios, eles tem um poder de voz fodástico!!

Robson Jr. 8 de abril de 2008 23:58  

Amigo, a voz dos populares é esquecida pelos demais em menos de uma semana...



A citação final é da música "Há Tempos" do Renato Russo.

Samuel 9 de abril de 2008 16:45  

Engraçado, Renato Russo era um cara bem popular!!=D

Robson Jr. 16 de abril de 2008 23:42  

Pode ser que a música dele tenha se tornado, mas a pessoa Renato Russo era muito introspectivo...chegava a ser chato.

*Talitinha 22 de abril de 2008 21:35  

Mal aew Robson, mas a caixinha d som tá queimada. (:F)

-
Nesse ponto o Robson tem razão. Se você tentar analisar, a maioria que pertence ao 'povão' mesmo, some em pouco tempo.

Esse blog foi feito...

Para pensadores esclarecidos, ou não...
Para poetas clássicos, ou não...
Para leitores convictos, ou não...
Para você, ou não...
Para mim, ou não...
Para sua mãe, sempre!

  © Blogger template 'Star Wars' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP