terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Mais rabiscos sobre o ofício...

O artista é aquele que de tanto querer, nada tem.

O artista é aquele que por tanto amar, não ama ninguém.

O artista é aquele que de tanto saber, é ignorado.

O artista é aquele que de tanto poder, é impedido.

O artista sofre, pois foi concedida a ele a luz da sabedoria, porém ao mesmo tempo foi proibido a ele experimentar a paz.

Pois o artista também é aquele que de tanto querer a paz, vive em guerra.

O artista é aquele que de tanto procurar, não encontra nada.

O artista é aquele que de tanto sonhar, não dorme mais.

O artista é aquele que de tanto viver, deseja e teme, a inevitável e desconhecida morte.

E de tanto viver em meio à gente, o artista ficou sozinho...


Ass.: Robson Jr. - Essa história não acabou ainda...

6 comentários:

Thingol 16 de dezembro de 2009 22:15  

Aoooooo Cheiro de queimado...
OKoakaokaoakokaoka
Bora beber meu filho

O Zé Ruela 17 de dezembro de 2009 17:42  

Putz, que imagem de artista super mega power, prepotente e arrogante, tambem com o robson postando isso eu nao esperaria o contrario

Angel 22 de dezembro de 2009 18:36  

Uhm. Mas em certas medidas, é um lado do artista real. E bota real nisso.

Robson Jr. 22 de dezembro de 2009 21:34  

Talita, há quanto tempo hein?

Bem vinda de volta ao Império :D

Angel 25 de dezembro de 2009 14:18  

Hahaha :)
Ah, querido, faculdade + vestibular, junto com crises existenciais e familiares dá nisso: sumiço.

Obrigada :D
E faz favor de postar coisa boa aqui :P
:*

Robson Jr. 26 de dezembro de 2009 01:51  

Nem me fale Talita, nem me fale, os tempos são outros para todo mundo...

Esse blog foi feito...

Para pensadores esclarecidos, ou não...
Para poetas clássicos, ou não...
Para leitores convictos, ou não...
Para você, ou não...
Para mim, ou não...
Para sua mãe, sempre!

  © Blogger template 'Star Wars' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP