terça-feira, 5 de maio de 2009

Algo criativo em falta.

Poizé. Estou sem nada criativo para postar, e não estou afim de fazer nenhuma crítica ácida. Pô, escrever pra caramba cansa muito a mente e vocês não merecem tudo isso. Então estou aqui apenas fazendo o pedaço do meu trabalho que é somente fazer uns posts e não perder mais o costume.

NÃO... eu não posso ir embora e deixar isso aqui o vazio. NÃO... NÃO!!!!!!!!!!! vamos ver, tem algo que eu possa escrever aqui para pelo menos fazer vocês lerem. Apesar de que a gente escreve (por enquanto, apenas eu) e ninguém lê, e continuamos escrevendo, e que se fodam se vão ler ou não, escrever sempre, essa é a missão, ou a maldição. Como diria Luis Fernando Veríssimo (gênio mestre que eu sempre copio idéias)

"Tenho que exercer esse ofício, esta danação. Você, no entanto, não é obrigado a me acompanhar, leitor. Vá passear, vá tomar sol. Uma das maneiras de controlar a demência solta no mundo é deixar os escritores falando sozinhos, exercendo sozinhos a sua profissão malsã, o seu vício solitário. Você ainda está lendo. Você é pior do que eu, leitor. Você tinha escolha."

A única diferença entre mim e Veríssimo é que ele é foda, tem vários fãs que compram seus livros e escrevem para ele, viaja muito, entende muita coisa de várias coisas (eu acho, ou apenas ele tenta dar uma impressão de sabichão com o belo jargão (crônica dele que é foda também)). Joga poker, escreve muito sobre jazz (boa parte não entendo, mas acho magnífico). E.. sei lá.. acho ele foda. Não sou apenas fãs dos contos e crônicas dele, também tenho 1 romance e 1 livro policial de sua autoria. Foi por causa desse cara que eu vou começar a ler a obra literária de Jorge Luís Borges, argentino que vez ou outra Veríssimo fala sobre ele e com muito orgulho.
Isso aqui tá virando declaração de fã. Putz. Até parece que ele vai ler isso ou que alguém aqui vai comentar falando que também acha Veríssimo um máximo (o filho, não o pai. Foi mal Érico.)

E o desgraçado ainda conheceu a Clarice Linspector.

Mr Purple conseguiu achar um assunto e exercer sua maldição doentia de escrever coisas sem importância para vocês, ou nesse caso, apenas para mim. AH, fodam-se, vocês não lêem esse blog, então escrevo para mim mesmo. Pelo menos esse post, quem sabe o próximo eu faça algo melhor (se passar de 6 comentários será extraordinário).

2 comentários:

*Talitinha 7 de maio de 2009 19:25  

Pois eu vou comentar! Principalmente pelo fato de que, o que me chamou atenção no seu post foi vc escrever o nome de alguém que eu admiro muitíssi(ssimo) com apenas uma consoante a mais :P É Clarice Lispector my dear :)
Sim, sim, já li crônicas do Luís Fernando Veríssimo [até didaticamente] ;) Não o exalto com tanta veemência, mas concordo que ele é 'fera' - curto bastante a leitura das mesmas (crônicas).

Mr. Purple 7 de maio de 2009 20:22  

hahahaha... sou apaixonado pelos os olhos da Clarice

Esse blog foi feito...

Para pensadores esclarecidos, ou não...
Para poetas clássicos, ou não...
Para leitores convictos, ou não...
Para você, ou não...
Para mim, ou não...
Para sua mãe, sempre!

  © Blogger template 'Star Wars' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP