segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Caso Yoñlu

O que leva uma pessoa a cometer um ato tão desesperado quanto o suicídio? Foi o pensamento que me ocorreu ao saber do caso do garoto Vinícius Marques, o Yoñlu(como preferia ser chamado) de 16 anos que se matou por intoxicação no banheiro de casa. Para Vinícius o suicídio o livrou de um mundo ao qual ele não conseguia se encaixar.
Mas Vinícius era acima da média, era genial, sem exageros, era músico, filho de família rica e aparentemente sem problemas que fossem tão extremos. Ele tinha 16 anos, é a minha idade, e eu nunca tentei suicídio, e eu também sou músico, não sou dos mais burros, as vezes não me encaixo nesse mundo e muitas vezes estive na merda e nem por isso quis acabar com a única coisa que me deram de cobrar nada em troca, a minha vida.
O caso Vinícius me fez pensar mais seriamente sobre o outro lado da internet, o lado frio e inescrupuloso de quem incentiva o suicídio. Se você tem 40 anos, é broxa, sua mulher te largou, foi demitido e tem câncer nos testículos e quer se matar, problema seu, otário. Mas pra que incentivar que outras pessoas façam o mesmo? Se existe um Inferno ele é pequeno pra você.
A Internet mudou o mundo, ela nos deixou mais afastados do que a ilusão que é a globalização diz talvez conceitos devam ser modificados antes que ocorram mais tragédias.
Esse garoto é só mais um caso entre outros que ficaram famosos na rede, Yoñlu não só se matou, ele matou seus pais, matou todos que o cercavam e acabou com uma vida tão promissora quanto a dele, não existe nenhuma música capaz de reparar isso, como ele erroneamente afirmou. Ele errou, foi fraco ao ceder, e digo mais, ele faltou com a inteligência quando mais precisou dela.
Até os mais individualistas dos filósofos condenam o suicídio. O suicídio não leva nada, é um atestado de fraqueza, de egoísmo e é uma abdicação a liberdade.
Claro que estou falando isso tudo sentado em frente ao meu computador ouvindo Pink Floyd e sou alheio aos pensamentos de Vinícius. Mas de uma coisa eu sei: Nada é suficientemente ruim que não possa piorar nem suficientemente bom que não possa melhorar, porém nenhum conceito é mais estável que a liberdade, que é intransferível, e não há motivo que justifique abrir mão dessa liberdade.
Mesmo em condições péssimas, as vezes irreversíveis, aqueles que sabem ver pelos olhos daqueles que o amam sempre vão dar uma nova chance a vida. Por mais que tentem, o descanso de Vinícius, por mais precoce que pareça, jamais será em paz.

Ass.: Robson
Jr - É foda, plena Segundona, post atrasado, foi mal...

9 comentários:

Samuel 28 de fevereiro de 2008 22:30  

É cara, a situação ta foda, aqui já morreram 27 (13 da uma mesma cidade acho eu) pelo mesmo site.
A internet é um outro mundo, um mundo onde se pode ser qualquer um e se fazer qualquer coisa por causa de muito dos seus uduários ficarem no naonimato, é um mundo onde se tem acesso a tudo e "todos" podem ter acesso, oque faz desse utencílio uma arma que, muitas pessoas sádicas usam para satisfazer seus desejos doentios.
Pessoas como esse por serem infelizes, procuram auxílio nesse tipo de site onde há muitos fdps que se aproveitam da condição influenciavél e sensivél das mesmas para convence-las que o suícidio é a solução. Pelo que eu fiquei sabendo é prestado uma homenagem as pessoas que se matam e ele é tido como o "O foda" pelos menbros do site.

Cara se vc tiver algumas músicas desse menino aew disponibiliza, tava afim de ouvir...li que são boas!!

Ps.:Depois entra no msn, pra nóis se fala!!XP

Moinhos de vento. 13 de março de 2008 13:08  

olá :)
tava procurando sobre o assunto, pois também li a reportagem na Época, e encontrei esse blog. Eu também fiquei chocada com essa história, cara. Um gênio desperdiçado. O cara tinha de tudo para ter sucesso na vida, para um futuro promissor, para ter sucesso. Tinha uma inteligência fora do comum e um dom especial para a música. Via o mundo de uma maneira que poucos conseguem ver, era brilhante! Mas ele preferiu acabar com tudo.
Não concordo com a atitude dele, mas também não o condeno por isso, já que somente ele sabe o que ele sentia.
Também acho que suicídio é um ato egoísta, mas penso que, ele fez o que achou que era o melhor pra ele. Acho também que ele só escolheu acabar com a própria vida porque foi a única maneira que ele encontrou de 'parar a dor'. É claro que isso foi cruel com os pais, os amigos, e todo o resto... mas, ele tinha que decidir isso para ele mesmo. Por exemplo, quem sabe se ele não tivesse continuado a viver, seria pior depois.
Ele não podia também viver só por causa dos pais e das pessoas ao redor... daria no mesmo, já que ele continuaria morrendo por dentro.
Agora essa parada da internet... realmente um absurdo. Não tenho nem o que comentar... é impressionante.
Por que as pessoas que o influenciaram a fazer isso não foram lá e se mataram ao invés? Mas não, preferem acabar com a vida de outras pessoas, de crianças, jovens que não sabem o que estão fazendo.
Eu tenho só 14 anos e ainda não consigo acreditar, cara. :~

HAHAH desculpa ter escrevido tanto, é que precisava desabafar... e encontrei seu blog... daí já viu.

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=7710148130656883858

Pode add se quiser conversar algo a respeito.

Beijo, Bia.

Rodrigo S.Lionheart 18 de março de 2008 21:24  
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo S.Lionheart 18 de março de 2008 21:26  
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo S.Lionheart 18 de março de 2008 21:27  

ai aii...ainda nao li sobre o assunto específico, nem conheço esse cara,gostei de como voce colocou Moinhos de vento, ''Não concordo com a atitude dele, mas também não o condeno por isso''
Mas meus caros, voces ainda chamam de liberdade isso que possuimos,liberdade que nos é tirada apenas por que nao vimos a lanterna traseira do carro com problema e por que negamos subordo ao policial corrupto que mandou voce encostar.Temos o direto de ir e vir, mas somos barrados no meio do caminho por coisas que nunca fizemos. Vivemos em um conjunto de regras sufocantes que geralmente nao funcionam e que nada mais sao do que formas de controle.''Voce é livre mas se nao fizer o que nós exigimos perderá sua liberdade e seus direitos'' isso é tao falso como as pessoas que nos cercam.Fazer o que né, os homens sao tolos, viver em um estado de total liberdade é praticamente inconcebível para os humanos e se ocorresse, tudo seria um Caos, as pessoas tem medo, elas querem ser superiores a outros, querem fazer a diferença e este é seu pagamento, a humanidade acaba se devastando pela escuridão que ela mesmo cria.

Este é um mundo de Real Ilusão,a verdade nao é facil de ser encontrada, se fosse todos nós seríamos dono dela, gosto de colocar o seguinte ''A verdadeira verdade através das verdades nao foi revelada pois é cruel demais para ser vivida e bela demais para ser apreciada'' existe uma certa verdade no princípio de que a felicidade jáz na ignorância,imagine descobrir um mundo isólito, sem salvação, sem esperança...falar sobre outros é muito fácil, imagine voce sentindo toda a angústia, sofrimento daquela pessoa, todo o desespero que o levou a cometer seu ultimo ato, pra muitos isso é inconcebível uma vez que nao a sentimos,gostei da indagação do moinhos de ventos, pois, se ele condenasse a ação do rapaz, ele seria mais um que rouba o pouco de ''liberdade'' que ainda resta pra cada um, imagine eu condenando voce e o reprimindo por suas açoes que tem efeito apenas pra voce, e por que chamo-lo de fraco,ignorante, tolo... é necessário muita coragem para tirar sua própria vida e pessoas ja morreram por coisas muito mais fúteis do que seu proprio sofrimento...falar dessa forma degrenindo a imagem, significa que voce esta usando de sentimentos e isso o torna parcial e com isso voce estará cego e nao conseguirá descobrir a verdade...

Ass: Rodrigo S.Lionheart

Robson Jr. 24 de março de 2008 13:20  

"HAHAH desculpa ter escrevido tanto, é que precisava desabafar... e encontrei seu blog... daí já viu."

Olha só a situação, pedindo desculpa por escrever! Que isso! Sinta-se em casa...haeuhaeuha
É isso ai gente post com inteligência é sempre bem vindo (indireta pro cara da postagem do Guns).

Robson Jr. 24 de março de 2008 13:21  

E senhor Lionheart(nome de rei)hehehe, grande comentário, é bem por ai mesmo. Continuem assim, não esqueçam de passar no Império do Mal de vez em quando.

ale_zuka 3 de abril de 2008 21:38  

No site www.aplauso.com.br tem algumas músicas dele. Gostei.
Infelizmente, cada um sabe a dor que sente... triste realidade

matheus 20 de maio de 2008 19:00  

Oi, meu nome é Matheus, sou só dois anos mais velho que você e digo que também fiquei chocado com o caso Yoñlu. Tudo o que você disse eu também senti quando soube da notícia, mas tem uma coisa que eu discordo: a internet não tem culpa de nada! Ela nada mais é que uma consequência do mundo real. Me irrita como a mídia precisa sempre achar um culpado pra todo tipo de tragédia, porque assim todos podem projetar as suas raivas e frustrações encima do "culpado".Já reparou que toda notícia ruim há um culpado? (No caso ritchofen, a filha que matou os pais - no caso Isabella,os pais da menina, e por aí vai). O mundo obscuro da internet como sites de pedofilia, torturas animais, suicídios só vai deixar de existir quando tudo isso deixar de existir na realidade. Por isso que eu volto a afirmar: O mundo virtual é uma consequência do mundo real.
Se você está seguro na sua vida e em momento algum pensa em se matar, nenhum que te induza ao suicídio vai ter algum efeito em você.

Não sei se você vai ler isso,mas qualquer coisa me manda um email.
Abraços.

Esse blog foi feito...

Para pensadores esclarecidos, ou não...
Para poetas clássicos, ou não...
Para leitores convictos, ou não...
Para você, ou não...
Para mim, ou não...
Para sua mãe, sempre!

  © Blogger template 'Star Wars' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP