domingo, 28 de setembro de 2008

Preconceito?Pseudo criticos(blogueiros)!

Esse texto foi retirada para fins de plagio(temporariamente)

26 comentários:

Robson Jr. 28 de setembro de 2008 22:11  

Eu já disse que te odeio?

André Drumond 29 de setembro de 2008 14:52  
Este comentário foi removido pelo autor.
André Drumond 29 de setembro de 2008 14:53  

A barra de espaço depois de vírgula também é impossível no seu PC ?

André Drumond 29 de setembro de 2008 15:05  

AHAHAAUAUHAUHAUHAUHAUH

EU TO RINDO DEMAIS DA MANEIRA DE COMO VOCÊ EMPREGOU A PALAVRA HUMANISMO AO FINAL DO TEXTO!

Humanismo é uma idéia voltada para a ciência e para o antropocentrismo, e de nada tem haver com altruísmo.

"contradição hipócrita" claro, isso é um "fato verídico", uma "verdade verdadeira".

André Drumond 29 de setembro de 2008 15:09  

Nossa cara, nunca vi tanta clareza em um texto só.

Você por acaso é cristâo? Aqueles caras hipócritas que acreditam em Cristo como figura histórica?

Samuel 29 de setembro de 2008 19:42  

O Masao é polêmico!!*.*
ahauhauahauahua...e do contra tanbém mas, gostei de ver você postando aqui.

Ps.: Ahh, esqueci do prepotente: "se vc não concordar é prq vc num entendeu."

O Ze ruela 29 de setembro de 2008 21:43  

Senhor samuel,pode ate parecer prepotencia,mas nao,nao eh.Realmente se nao concordou eh pq nao entendeu,ate pq sumariamente,nao tem nada nesse texto pra discordar ou concordar.=p

E ao andre,se pareceu para vc que eu citei o humanismo como algo que indicasse uma mera atitude de altruismo,devo dizer,vc nao leu o texto,ou o fez de forma descompromissada....E se voce realmente le-se textos humanistas,e conhecesse alguns autores,entenderia que o altruismo faz parte das consequencias de ser um humanista.Voce fala de ciencia,mas nao estaria confundindo com o positivismo?

E a sua referencia de certa forma ironica,a respeito do comentario "contradicao hipocrita" como um pleonasmo.Voce concerteza nao tem conhecimento o suficiente pra falar de posicoes teoricas,do contrario saberia que contradicao e hipocrita de longe sao a mesma coisa,da mesma forma nao existem "fatos" que sejam veridicos,como as biologias e fisicas de ensino medio pregam.

Respondendo ao sua pergunta sobre cristao,sou e nao sou.Nao sou somente cristao mas como sou Budista,como sou Muculmano.
E eu tb odeio a palavra hipocrita,mas nao poderia ter eu utilizado de outra forma nesse texto,agora dizer que os critoes sao hipocritas pq acreditam em cristo como figura historica,eh um pouco complicado nao?
Nao foi uma certa "ciencia" que "comprovou" a existencia de cristo?A ciencia da qual vc diz erroneamente que embasa o humanismo?

Leia mais a respeito das posicao teorica que pretende mencionar,e procure entender o fundante e suas consequencias em ambito maior,do contrario ira so comentar a respeito do que e posto pelo senso comum,e muitas vezes encontrara contradicoes nao-hipocritas dentro de um mesmo pensamento,que pode te confundir.

PS:por opcao pessoal eu nao abro um espaco depois da virgula,isso ate onde eu sei nunca foi uma regra gramatical

O Ze ruela 29 de setembro de 2008 23:08  

Pra fechar os meus comentarios aqui,pq eu sei que vc andre,ainda vai querer discutir.

1-nao quis te ofender,e nem duvidar de sua capacidade,mas acho que cada um tem que admitir quando esta carente a respeito de algum assunto,e admito que eu mesmo sou carente quanto ao humanismo,pois o humanismo que eu tenho mais estudado,estao focados mais nos principios e ideias liberais,e atualmente na fenomenologia.Talves isso esclareca um poko a minha posicao sobre o humanismo.(nao quer dizer que eu tb nao tenha estudado,o humanismo em geral,so digo que o foco esta nos dois ai citados) =p

2-Cada um no seu tempo,claro que aqui ficou minha critica principalmente a esquerda militante,aos movimentos estudantis,etc.Mas Atencao ao texto,eu nao tomei um posicionamento fixo,nem martelei meu valor,por isso me utilizei das perguntas,claro que nunca vou consiguir me livrar de todo do que eu penso.E ainda tera o texto aos fanaticos religiosos

3-Para deixar claro,no fim das contas,eu nao tomei um posicionamento claro e absoluto,e foi de proposito,cada um deve pensar e refletir ao assunto.O andre me acusa de cristao,e um cristao me acusaria de ser ateu.
E para deixar claro,caso nao tenham visto o texto do robson,eu sou um moralista safado,em suma um kantiano.

Robson Jr. 30 de setembro de 2008 00:46  

Eu leio e ouço TUDO que o Masao falar sem compromisso nenhum. O que você pensaria de um cara que se auto denomina um Zé Ruela?





Ps.: Acho que vou ser obrigado a ler Kant...

"A moralidade é o instinto do rebanho no indivíduo." - Maior inimigo do Masao.
Hahuaheuaehaeuaehauehaeuha

André Drumond 30 de setembro de 2008 09:51  

- Se um fato existe, ele é um acontecimento verídico. Se um fato é um "fato mentiroso", ele não é fato.

- ABNT também se envolve com digitação.

- Altruísmo foi a unica palavra que me lembrei para me expressar. Porém você não pregou com o sentido que apresentei (correto) não tem haver com o comportamento por exemplo de chutar um mendigo ou desprezar um homosexual(um comportamento "desumano")

- A ciência comprou a existência de Jesus? AUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHA
Você se refere a aqueles ossários que ESPECULA serem da familia de Jesus? Vai, procura alguem da época de Jesus que cita ele...O grande estudioso Filon de Alexandria, que apesar de ter contribuído poderosamente para a formação do cristianismo,Embora, tenha sido de certo modo o precursor do cristianismo, não deixou a menor prova de ter tomado conhecimento da existência de Jesus Cristo, lógico porque o cristianismo só iria ser elaborado muito depois de sua morte.
silêncio de Filon para provar estarmos diante de uma nova criação mitológica, de cunho metafísico. Entretanto, escrevendo como cristão, os lançadores do cristianismo louvaram-se nas suas idéias e escritos. Tivesse Jesus realmente exstido, jamais Filon deixaria de falar em seu nome, levando em conta o icone que tal figura "foi". Filon relata os principais acontecimentos de seu tempo, do judaísmo e de outras crenças, não mencionando, porém, nada sobre Jesus. Cita Pôncio Pilatos e sua atuação como Procurador da Judéia, mas, não se refere ao julgamento de Jesus a que ele com certeza teria presidido.Filon que foi um dos judeus mais ilustres de seu tempo, e sempre esteve em dia com os acontecimentos jamais omitiria qualquer notícia acerca de Jesus, cuja existência se fosse verdadeira, teria abalado o mundo de então, ou você acha que não seria um forte argumento a favor do cristianismo?E quanto a Flávio Josefo? Flávio Josefo que escreveu sobre judaísmo, cristianismo terapeuta, messias e Cristos, nada disse a respeito desse folclore.
Os Gregos, os romanos e os indús dos séculos I e II, jamais ouviram falar na existência física de Jesus Cristo e outro bom pra pesquisar é Justo de Tiberíades, que também não fala em Jesus Cristo, conquanto houvesse escrito uma história dos judeus, indo de Moisés ao ano 50.NENHUM dos historiadores ou escritores, judeus ou romanos, os quais viveram ao tempo em que pretensamente teria vivido Jesus, ocupou-se dele expressamente. Nenhum dedicou-lhe atenção. Todos foram omissos quanto a qualquer movimento religioso ocorrido na Judéia, chefiado por Jesus.

De acordo com cristâos Flávio Josefo, Justo de Tiberíades, Filon de Alexandria, Tácito, Suetônio e Plínio, o Jovem, teriam feito em seus escritos, referências a Jesus Cristo. Todavia, tais escritos após serem submetidos a exames grafotécnicos, revelaram-se adulterados no todo ou em parte, para não se falar dos que foram totalmente destruídos. Além disso, as referências feitas a Crestus, Cristo ou Jesus, não são feitas exatamente a respeito do Cristo dos Cristãos. Seria mesmo difícil estabelecer qual o Cristo seguido pelos cristãos, visto que esse era um nome comum na Galiléia e Judéia.E olha hein cara,em Suêtonio o máximo que você lê é "tivemos pequenos problemas na Galiléia com um tal de Crestus" não lembro em que Imperador,a e é importante lembrar da existência "anterior" a Jesus(se el nem existiu não da pra usar como referencia) PROVADA do revolucionário judeu Crestus.
OU SEJA,DIZER QUE JESUS EXISTIU COM TODA ESSA PROPIEDADE É TOLICE.

Robson Jr. 30 de setembro de 2008 16:40  

A ciência eu não sei mas a história política de Roma deve, e muito, a presença de Jesus Cristo no período republicano.



Sim, eu sou cristão.

André Drumond 30 de setembro de 2008 18:24  

Interessante ele ser tão importante e nem um historiador da mesma época citar ele, mesmo citando alguns que são de menor "importância".

Você está sendo irônico?

Se não, "
Eu já disse que te odeio?"

Muito feio isso, só não mais feio do que as atrocidades que se encontram na Biblia.

André Drumond 30 de setembro de 2008 18:25  

Agora que já mostrei que historicamente Jesus é questâo de fé, eu quero ver a tal pesquisa que COMPROVE de forma inquestinavel a existência de Jesus.

André Drumond 30 de setembro de 2008 18:30  

Aaa,e esqueci de citar que Jesus é como os deuses de linhagem solar de outras religiões, sua vida imita a do sol.

Das datas nem vou falar porque os mais fanáticos vão dizer "na bíblia não diz o dia do nascimento dele".

E os envagelhos de contradizendo? Um fala que José e Maria moravam em Belém, o outro estavam de passagem...

Bem, depois falo mais de Jesus, adoro folclore.

Samuel 30 de setembro de 2008 19:16  

Sou cristão(no bom sentido)

Quanto as provas: Bem não tem muitas a não ser que existe mais provas que Jesus existiu do que Júlio César e que a bíblia é considerado o maior livro de relatos históricos da sua época.

Samuel 30 de setembro de 2008 19:20  

leiam: http://www.gotquestions.org/Portugues/Jesus-existiu.html

André Drumond 30 de setembro de 2008 21:30  

Ok Samuel, porque não cita uma?

Júlio Cesar foi registrado em demasia.

André Drumond 30 de setembro de 2008 21:47  

Samuel: Bíblia é um livro de história? UAUHAUHAUHUAAUHAHAUHAUHUHA

Chapeuzinho Vermelho certamente é bioloia avançada.

Bem, não posso confiar em um livro que manda apedrejar jovens rebeldes, adúlteras,etc... A tá certo, tem aquela parte de uma viagem que duraria 10 dias é registrada como 40, o dia e a noite antes do sol.A Bíblia escrita por homens inspirados por Deus onipresente e onisciente, está repleta de erros os mais vulgares e incoerentes, revelando total ignorância acerca da verdade, claro, se ela é obrapor Deus, porque existem tantos erros?


Aaa, interessante que provas de Jesus se perdem no tempo, já de pessoas anteriores se manteram..E claro,o mito de Jesus, o filho de Deus, foi pagado da memórida das pessoas....A que piada.
"
Seutônio, secretário chefe do Imperador Adriano, escreveu que houve um homem chamado Chrestus (ou Cristo) que viveu durante o primeiro século (“Anais” XV,44)."

Não sabe nem escrever SUETÔNIO,e são duas linhas que você lê Crestus (já li este livro) e já foi provado que fora adulterado, assim como diversas outras escrituras.

Josefo virou o Orkut (qualquer idiota ia lá escrevia qualquer coisa) dos "fundadores" de Jesus, até contradição tem.

"Em termos de manuscritos antigos que sirvam como provas, esta forte é extraordinária prova da existência de um homem chamado Jesus em Israel no começo do primeiro século d.C."

UHASUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHUHAUHAUHA
Paulo é tão conto de fadas quanto Jesus...Agora vamos falar da equipe de editores da bíblia,Igreja sempre dispôs de uma equipe de falsários, que dedicaram-se afanosament a adulterar e falsificar os documentos antigos com o fim de pô-los de acordo com os seus cânones.

Temos o Culto e canália bispo de Cesaréia, Eusébio, como muitos outros tonsurados, receberam ordens papais para realizar modificações em Importantes papéis da época, adulterando-os e emendando-os segundo suas conveniências.Tem o Papa Leão também, entre "ilustres"....Enfim

Graças a esses arranjos, a Igreja terminaria autenticando sua historinha feliz sobre Jesus Cristo, sua família, seus discípulos e o seu tempo.

MAS ENFIM, LEIA O QUE EU DISSE, E LEIA A BIBLIA, USAR O NOVO TESTAMENTO COMO PROVA É TOLICE(já citei uma das milhares de contradições), SAPIENTE É ESTUDA MELHOR O ASSUNTO E NÃO ACREDITAR NESSA HISTORINHAS ENGANADORAS.

Samuel 1 de outubro de 2008 06:57  

Cara não vou discutir sobre isso com você(até prq seus comments são imensos e eu tenho preguiça de lê-los) mas, cada um acredita no que quiser, eu acredito nisso que você chama de tolice, não só por provas que você diz ser duvidosas, mas por sentir as coisas e saber que tem um mundo espiritual além do que os olhos podem ver mas as vezes vêem!!

E como já dizia Einstein: "A ciência vai até certo ponto, depois disso vem a fé."

André Drumond 1 de outubro de 2008 14:14  

Samuel, já falei, você pode acreditar, mas não queira afirmar suas crenças como verdades.

Essas "provas" não são duvidosas, são falsas.

Se você não leu o que eu falei, então faça o favor de calar sua boca e não comentar o que não sabe. Talvez porque isso abale sua fé, assim como muitos não lêem a bíblia com medo da fé se abalada.

Cada um acredita no quiser, então que acredito na verdade.

E essa frase manjada do Einsten? Não estou falando de física,nem de viologia muoto menos que quimica, estou falando de história.

E FÉ é acreditar cegamente.

Quanto a você sentir coisas e outro papo, isso não prova a existência de Jesus, e claro, e não preciso sentir Júlio Cesar para saber que ele existiu. Ou será que isso é questâo de crença?

Robson Jr. 1 de outubro de 2008 19:01  

Samuel, mesmo querendo concordar com você, Júlio César (o primeiro) nem imperador foi, e segundo, "Júlio César" não era um nome e sim um título de nobreza, assim como duque, barão e essas coisas.Logo, dizer que Júlio César presenciou tudo é equivocado, ou é o mesmo que dizer que qualquer César pode ter testemunhado quanto a existência do popstar da Palestina.

Robson Jr. 1 de outubro de 2008 19:08  

Não estou sendo irônico não cara, sou cristão mesmo (o que não me torna necessariamente um religioso), esses valores ateus (marxistas até) só são válidos pra juventude estudante dos anos 60, a revolta de hoje é totalmente diferente, ás vezes é sem sentido, mas não dá pra atribuir os mesmos valores aos jovens de hoje, muito menos as mesmas idéias, o mundo é outro. Vou falar mais sobre isso depois, mas é por esse motivo que eu tenho medo quando as pessoas de hoje afirmam com tanta propriedade (e generalizam) que o jovem é alienado.

André Drumond 1 de outubro de 2008 20:51  

Que César é titulo não deve ser novidade para ninguém aqui, talvez a "divisão" de Roma seja.

Não tenho valores ateus (digo,pensando em céptismo), ainda mais porque é meio estranho pensar "valores ateus"(podemos relacionar com iluministas), o ponto aqui é a Biblia e a existência de Jesus.

Bem Robson, não sei se você é uma ovelha ou segue inspiração filosófica, ou até espiritual. Por isso nem vou comentar sua "religiosidade".


"O andre me acusa de cristao,e um cristao me acusaria de ser ateu.
" Esqueci de falar sobre isto, não te chamei de cristâo. Me "acusa",hauauhauh

Percebi que você procurou se manter de forma imparcial, o que é de se apreciar(zé ruela). E quanto a esquerda militante é uma coisa que eu não aprecio, e creio que você seja inteligente e não ache uma contradição meu blog ser comunista.

Mas enfim, falando no meu blog e em política ele saiu do foco que iria dar pra ele...Ainda preciso dar uns acertos nele, ou reformular completamente.

Robson Jr. 1 de outubro de 2008 20:58  

Cara, sem querer ser chato, mas já sendo. O que você quis dizer com "ovelha"?

Não existem valores ateus? E mais, onde o Iluminismo entra nessa história?

Robson Jr. 1 de outubro de 2008 21:34  

Valores Ateus = Valores Iluministas?

É isso?

André Drumond 5 de outubro de 2008 10:28  

Em relação ao "valores" ateus eu faleido iluminismo muita gente relaciona ambos.

Para ser ateu basta não acreditar em Deus. A, e vale lembrar que a palavra ela uma ofensa utilizada entre cristâos e seguidores do paganismo.

Ovelhas eu me refiro aos completamente alienado pela igreja.

Esse blog foi feito...

Para pensadores esclarecidos, ou não...
Para poetas clássicos, ou não...
Para leitores convictos, ou não...
Para você, ou não...
Para mim, ou não...
Para sua mãe, sempre!

  © Blogger template 'Star Wars' by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP